Público Atendido

· Casais “Tentantes” – Fertilidade

A promoção de um estado nutricional adequado, para o casal, antes da gestação é de grande relevância, uma vez que as chances de engravidar aumentam, além de contribuir para a formação e desenvolvimento de um bebê saudável.

· Casais “Tentantes” – Fertilidade

A promoção de um estado nutricional adequado, para o casal, antes da gestação é de grande relevância, uma vez que as chances de engravidar aumentam, além de contribuir para a formação e desenvolvimento de um bebê saudável.

· Gestação

A assistência Nutricional Pré-natal tem por objetivo avaliar e acompanhar o estado nutricional da gestante e o ganho de peso durante a gestação para:

– Identificar, a partir de diagnóstico oportuno, as gestantes em risco nutricional (Baixo Peso, Sobre Peso, Obesidade) no início da gestação;
– Detectar as gestantes com ganho de peso insuficiente ou excessivo para a idade gestacional;
– Realizar orientação adequada para cada caso, visando a promoção do estado nutricional materno, condições adequadas para o parto e peso do RN;
– Detecção precoce de carências nutricionais.

· Nutrizes – Amamentação

A manutenção de hábitos alimentares saudáveis após o parto ajuda na recuperação do peso pré-gestacional e garante a produção de leite materno em quantidade e qualidade necessárias para a saúde e desenvolvimento do bebê.

· Nutrizes – Amamentação

A manutenção de hábitos alimentares saudáveis após o parto ajuda na recuperação do peso pré-gestacional e garante a produção de leite materno em quantidade e qualidade necessárias para a saúde e desenvolvimento do bebê.

· Bebês

Seu bebê vai começar a comer? Então provavelmente você deve estar aí cheia de dúvidas de como fazer, quando começar a introdução, quais os sinais de prontidão, qual método escolher (BLW x Participativa x papinha), como fica a amamentação, volta ao trabalho e a livre demanda durante essa nova fase e tantas outras dúvidas, não é mesmo?

Então que tal se preparar para esse momento tão especial com conteúdo todo atualizado e embasado nas recomendações dos órgãos oficiais como Ministério da Saúde, OMS, Sociedade Brasileira de Pediatria!

· Crianças

As crianças apresentam uma série de comportamentos na hora de se alimentar que parecem muito comuns entre elas. Há muitos relatos sobre as novas “manias” que aparecem nessa fase da vida. Temos os famosos “eca” toda vez que aparece um alimento um tanto diferente dos acostumados, seja por apresentação nova, tempero novo ou ingrediente novo.

O combate e conscientização contra a obesidade infantil é um dos maiores desafios do século XXI, segundo a OMS. Uma alimentação adequada desde os anos iniciais pode trazer saldos positivos ao longo de toda a vida.

· Crianças

As crianças apresentam uma série de comportamentos na hora de se alimentar que parecem muito comuns entre elas. Há muitos relatos sobre as novas “manias” que aparecem nessa fase da vida. Temos os famosos “eca” toda vez que aparece um alimento um tanto diferente dos acostumados, seja por apresentação nova, tempero novo ou ingrediente novo.

O combate e conscientização contra a obesidade infantil é um dos maiores desafios do século XXI, segundo a OMS. Uma alimentação adequada desde os anos iniciais pode trazer saldos positivos ao longo de toda a vida.

· Adolescentes

A adolescência é um período de crescimento rápido e de muitas modificações corporais, requerendo um aumento nas necessidades de energia e de nutrientes. Neste período podem aparecer novos hábitos de consumo, inclusive com reflexos na alimentação diária, explicáveis por motivos psicológicos e sócio-econômicos.

Os adolescentes têm sido considerados um grupo de risco nutricional devido ao aumento das necessidades nutricionais frente ao crescimento e aos hábitos alimentares irregulares.

· Adultos

Não temos como influenciar positivamente a saúde dos nossos filhos se não temos hábitos que favoreçam o processo. Comer comida de verdade e de forma saudável é, sem dúvida, muito mais vantajoso para nossa saúde. É também mais econômico, pois a conta na farmácia diminui, leva a gente para a feira, para a cozinha, aproxima as pessoas, perfuma a casa e acolhe todo mundo. São por essas razões que O melhor para o seu Bebê cuida dos grandinhos também!

· Adultos

Não temos como influenciar positivamente a saúde dos nossos filhos se não temos hábitos que favoreçam o processo. Comer comida de verdade e de forma saudável é, sem dúvida, muito mais vantajoso para nossa saúde. É também mais econômico, pois a conta na farmácia diminui, leva a gente para a feira, para a cozinha, aproxima as pessoas, perfuma a casa e acolhe todo mundo. São por essas razões que O melhor para o seu Bebê cuida dos grandinhos também!